• Atendimento Seg - Sex 8 às 18 - Sábados 8 às 12

Estamos em 2 Cidades

Brasília e Goiânia

Mais de 4 mil

Pacientes Atendidos
Brasília 61 3011-9090 / Goiânia 62 3911-5959

Clínica Mais Homem

Clínica especializada em saúde sexual masculina

Sobre a Clínica

VOCÊ MERECE O MELHOR

Cuidamos de você para você cuidar da sua família!

A Clínica Mais Homem surgiu para solucionar e ajudar homens com problemas sexuais. Nossa preocupação vai muito além da saúde, os tratamentos não visam apenas uma melhora na performance sexual, visam melhorar sua autoestima, seu relacionamento amoroso e a sua autoconfiança. Aumentando assim o seu prazer em viver.

Oferecemos além dos tratamentos convencionais, como: tratamento para ejaculação precoce, tratamento para disfunção erétil e falta de libido, o tratamento para doença de peyronie. Uma doença que atinge milhões de homens e pode ter sérias consequências, até mesmo a impossibilidade de manter relações sexuais.

Somos pioneiros na tecnologia RTOS (Reconstrução Tecidual por Ondas Sônicas), que consiste na aplicação de ondas sônicas diretamente sobre os nódulos causadores da Doença de Peyronie, e que após algumas sessões o paciente já nota uma melhora na dor e na curvatura do órgão sexual.

Nossas unidades são preparadas para oferecer total conforto e privacidade para nossos pacientes, possuímos consultórios privativos, evitando assim qualquer tipo de constrangimento.

As avaliações são realizadas por médicos especializados em saúde sexual masculina, onde cada caso recebe uma atenção especial para indicação do melhor tratamento, após o início é realizado o acompanhamento à cada um dos nossos pacientes.

Por se tratar de procedimentos médicos, os resultados podem variar de acordo com cada paciente.

61 3011-9090

Unidade Brasília

62 3911-5959

Unidade Goiânia

TRATAMENTOS MÉDICOS

O tratamento ideal para o seu problema

As avaliações são realizadas por médicos especializados em saúde sexual masculinas, onde cada caso recebe uma atenção especial para indicação do melhor tratamento

Ejaculação Precoce

Na ejaculação precoce, o homem não exerce controle no momento da ejaculação, que ocorre junto com a estimulação sexual.

Impotência Sexual

A dificuldade de ereção pode ser o alerta para uma doença mais séria, por isso a importância de se procurar um médico especialista.

Falta de Libido

A falta de apetite sexual começa a se tornar um problema quando o indivíduo perde parcial ou totalmente o interesse pelo sexo.

Disfunção Erétil

É a dificuldade persistente de obter e/ou manter uma ereção suficiente para permitir uma atividade sexual adequada.

Performance Sexual

O estresse, hábitos ruins e preocupações podem afetar negativamente o nosso relacionamento íntimo.

Doença de Peyronie

É iniciada com o aparecimento de nódulos no pênis, que causam deformidades e muitas vezes dores na hora da relação sexual.

Mais Homem Responde

Algumas perguntas frequentes

Veja as respostas de algumas perguntas realizadas com frequência aos nossos profissionais.

A principal maneira de se prevenir a disfunção erétil é fazer mudanças do estilo de vida. A Disfunção Erétil também está associada a determinados fatores de risco, como beber exageradamente, fumar, estar acima do peso e a falta de exercícios físicos. Alguns remédios também podem aumentar o risco de se ter problemas como Disfunção Erétil, converse com seu médico, e informe quais remédios sem receita médica você está tomando.

A principal maneira de se prevenir a disfunção erétil é fazer mudanças do estilo de vida. A Disfunção Erétil também está associada a determinados fatores de risco, como beber exageradamente, fumar, estar acima do peso e a falta de exercícios físicos. Alguns remédios também podem aumentar o risco de se ter problemas como Disfunção Erétil, converse com seu médico, e informe quais remédios sem receita médica você está tomando.

Em 95% de todos os casos, o problema de disfunção erétil pode ser tratado. Mesmo que algumas dificuldades de ereção sejam temporárias e ocasionais, é muito importante discutir esse tipo de problema com seu médico. Hoje em dia existem diversos tratamentos e opções eficazes para a maioria dos homens.

Sim. Por causa da falta de experiência, é até normal que pessoas mais jovens tenham menos controle e um nível maior de ansiedade em relação ao ato sexual e a confiança reduzida quanto ao seu desempenho. Quando o comportamento se prolonga por dois ou três anos com prática regular (de duas ou três vezes por mês) sem haver uma melhora na performance, é aconselhável uma avaliação terapêutica.

O que você procura?